Tudo sobre veículos motorizados!
Header


Os patinhos feios que as equipes apresentaram para disputar a temporada de 2014 da Fórmula 1 são filhos do novo regulamento e todas as restrições técnicas que mudaram a cara da categoria. Não é de hoje que os carros da F1 são exóticos. Principalmente na década de 70 tivemos uma enxurrada de aberrações que saíram das pranchetas para as pistas.

1971 March 711

1968 Lotus-Cosworth-49b

1979 Ensign N179

1976 Ligier JS5

1972 Ferrari 312 B3

1972 Eifelland Type 21

Mas apesar disso não podemos deixar o bom humor de lado…

Desde a semana passada as equipes de F1 começaram a apresentar seu bólidos para a temporada de 2014. As baratas, por conta do novo regulamento, estão competindo para ver qual é a mais feia. Aliás este ano espera-se uma grande mudança em todo o panorama da categoria, pois não havia uma alteração tão grande no regulamento a muitos anos. Começando pelos motores que desde 1989 eram aspirados e voltam a ser turbo e passando por muitas restrições aerodinâmicas, os projetistas tiveram que rebolar e invetar soluções mirabolantes para que seus carros sejam eficientes aerodinamicamente, aproveitando toda a potência do motor e reduzindo o consumo de pneus e combustível. O resultado está estampado nos rostos atônitos de cada fã e nas inevitáveis piadas que se seguiram por conta disso:

RedBull RB10

Ferrari F14 T

Mercedes-AMG-F1-W05

Lotus E22

McLaren-MP4-29

Williams FW36

Force-India-VJM07

Sauber_C33

STR9

Caterham T01

Falta a Marussia que adiou a apresentação do carro. Por enquanto a Caterham está vencendo…

O Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse estabeleceu um novo recorde de velocidade para carros em linha de produção. Sua marca foi de incríveis 408,84 km/h. Deste modelo serão produzidos apenas 8 unidades por módicos US$2,61 milhões de dólares!


Com certeza nem os mecânicos mais otimistas da Williams esperavam por uma surpresa tão boa. Hulkenberg, em condições ruins de pista para todos, chegou ao Q3 e deu três voltas perfeitas e inalcansáveis, conquistando sua primeira pole e mostrando o erro que o time inglês cometerá, caso substitua o alemão pelo venezuelano Maldonado. O dia começou com chuva em São Paulo e no início da classificação não chovia, mas a pista estava molhada. Durante o treino Interlagos foi secando e no Q3 os pilotos já foram pra pista com pneus slick, apesar de em alguns pontos a pista ainda estar úmida. Hulk fez a diferença, não cometendo nenhum deslize e se sobresaiu ao restante do grid. Sebastian Vettel acabou ficando com o segundo posto, conseguindo ser o melhor dos candidatos ao título, embora sem conseguir ameaçar o tempo do ‘Incrível’ Hulk. Todavia, encontra-se imediatamente à frente de Mark Webber, Lewis Hamilton e Fernando Alonso. Amanhã, a largada será bastante importante para a definição do resultado final, sendo que Alonso é aquele que agora se encontra em posição mais delicada. Barrichello foi o sexto, confirmando a boa fase da Williams e sendo o prêmio de consolação dos brasileiros. Massa não passou do nono tempo, Di Grassi 22º e Senna 24º foram pior que seus companheiros de equipe. E o resto está aqui:

Q3
1 Nico Hulkenberg Williams-Cosworth 1.14,470
2 Sebastian Vettel RBR-Renault 1.15,519
3 Mark Webber RBR-Renault 1,15.637
4 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1,15.747
5 Fernando Alonso Ferrari 1.15,989
6 Rubens Barrichello Williams-Cosworth 1.16,203
7 Robert Kubica Renault 1.16,552
8 Michael Schumacher Mercedes GP 1.16,925
9 Felipe Massa Ferrari 1.17,101
10 Vitaly Petrov Renault 1.17,656

Q2
11 Jenson Button McLaren-Mercedes 1.19,288
12 Kamui Kobayashi BMW Sauber-Ferrari 1.19,385
13 Nico Rosberg Mercedes GP 1.19,486
14 Jaime Alguersuari STR-Ferrari 1.19,581
15 Sebastien Buemi STR-Ferrari 1.19,847
16 Nick Heidfeld BMW Sauber-Ferrari 1.19,899
17 Vitantonio Liuzzi Force India-Mercedes 1.20,357

Q1
18 Adrian Sutil Force India-Mercedes 1.20,830
19 Timo Glock Virgin-Cosworth 1.22,130
20 Jarno Trulli Lotus-Cosworth 1.22,250
21 Heikki Kovalainen Lotus-Cosworth 1.22,378
22 Lucas di Grassi Virgin-Cosworth 1.22,810
23 Christian Klien HRT-Cosworth 1.23,083
24 Bruno Senna HRT-Cosworth 1.23,796


A Aston Martin lançou o modelo One-77, um super esportivo limitado apresentado no Salão de Genebra em 2009 que só foram produzidas 77 unidades. Um multi-milionário do Oriente Médio, não satisfeito com o que já tem, comprou nada mais nada menos que 10 unidades! O carro custa 1,1 milhão de euros, o equivalente a R$2,4 milhões, só fazer a matemática e realizar que o cara gastou R$24 milhões. Dono de 13% da produção total do veículo, ele escolheu modelos de cores diferentes e mudou alguns detalhes de acabamento de cada um dos modelos.

Quem pode, pode!

Já que o mercado imobiliário norte-americano não vai nada bem, os corretores tentam fazer o possível para vender seus imóveis. Aí que surge Vahe Hagopian, um corretor de Malibu, que está oferecendo seu próprio carro para fechar a venda de uma mansão que custa cerca de R$ 7,8 milhões. Mas não é qualquer carro, é uma Ferrari F40! Pelo visto a venda de imóveis em Malibu é um negócio bem lucrativo, não é?

Será que agora alguém compra? Quem sabe a Ferrari na garegem de “brinde” não anime algum comprador!