Tudo sobre veículos motorizados!
Header


Depois de amargar um ano fora, o GP do Canadá volta ao calendário da Fórmula 1 para ficar. O circuito Gilles Velleneuve é um dos melhores que já sediaram GPs na categoria e por problemas financeiros acabou saindo. Mas para a nossa alegria, e principalmente dos pilotos, o Canadá voltou.



Para muitos o melhor GP do ano. Para muitos outros um verdadeiro pesadelo. O circuito de Monte Carlo sempre foi um verdadeiro desafio para qualquer piloto. É uma das poucas pistas onde o braço do piloto faz a diferença e onde todos aqueles cacarecos aerodinâmicos não tem vez se o carro não for bom mecanicamente. Sei também que é tradicionalmente uma corrida onde não se vê muitas ultrapassagens. Mas quem se importa?O GP de Mônaco é irresistível para qualquer fã da F1, pelo charme do circuito de rua, pelo risco implícito em cada contorno de curva, pelo fato de que o menor erro pode causar um prejuízo enorme e principalmente pela coragem desses caras de correr numa pista dessas. Eu só me arriscaria a dar uma voltinha em Mônaco, a bordo de um F1, assim:




Engraçado ver a escapada que Vettel deu na entrada do túnel. A brincadeira começa hoje com os primeiros treinos livres. Os tempos só mais tarde.


Bem que Felipe Massa falou que as McLarens de Button e Hamilton seriam os carros mais rápidos no circuito de xangai. Graças a mais nova solução aerodinâmica da categoria, o “snorkel”, a tão falada abertura que canaliza o fluxo de ar para a asa traseira. O primeiro treino foi dominado por Button, com Rosberg em 2°, Lewis em 3° e Schumacher em 4°. Massa foi apenas o 10° e Alonso estourou outro motor. Esses motores serão o grande problema da Ferrari, principalmente no final do ano, onde as punições serão constantes. No segundo treino livre desta madrugada, deu Hamilton, com Rosberg na cola, Jenson em 3° e Schumi em 4°. Alonso de motor novo foi o 10ª e Massa o 11°. Além da aparente superioridade da McLaren, chamou muita atenção a reação da Mercedes. Os alemães estão chegando perto. O susto ficou por conta do bizarro acidente de Buemi que viu a frente de sua STR literalmente se desmanchar ao passar por uma ondulação no final de uma das retas. A equipe testava uma nova suspensão e o suíço, que serviu de cobaia, poderia ter se dado mal, mas saiu ileso, apesar do susto.

Treinos Livres 1

1 Button McLaren-Mercedes 1.36,677s
2 Rosberg Mercedes-Mercedes 1.36,748s
3 Hamilton McLaren-Mercedes 1.36,775s
4 Schumacher Mercedes-Mercedes 1.37,509s
5 Vettel Red Bull-Renault 1.37,601s
6 Kubica Renault-Renault 1.37,716s
7 Petrov Renault-Renault 1.37,745s
8 Webber Red Bull-Renault 1.37,980s
9 Sutil Force India-Mercedes 1.38,008s
10 Massa Ferrari-Ferrari 1.38,098s
11 Alguersuari Toro Rosso-Ferrari 1.38,161s
12 Kobayashi BMW Sauber-Ferrari 1.38,375s
13 de la Rosa BMW Sauber-Ferrari 1.38,421s
14 Hulkenberg Williams-Cosworth 1.38,569s
15 di Resta Force India-Mercedes 1.38,618s
16 Barrichello Williams-Cosworth 1.38,678s
17 Buemi Toro Rosso-Ferrari 1.39,939s
18 Trulli Lotus-Cosworth 1.41,531s
19 Kovalainen Lotus-Cosworth 1.41,779s
20 Glock Virgin-Cosworth 1.41,830s
21 di Grassi Virgin-Cosworth 1.42,181s
22 Senna HRT-Cosworth 1.43,875s
23 Chandhok HRT-Cosworth 1.43,949s
24 Alonso Ferrari-Ferrari sem tempo

Treinos Livres 2

1 Hamilton McLaren-Mercedes 1.35,217
2 Rosberg Mercedes 1.35,465
3 Button McLaren-Mercedes 1.35,593
4 Schumacher Mercedes 1.35,602
5 Vettel Red Bull-Renault 1.35,791
6 Webber Red Bull-Renault 1.35,995
7 Sutil Force India-Mercedes 1.36,254
8 Alguersuari Toro Rosso-Ferrari 1.36,377
9 Kubica Renault 1.36,389
10 Alonso Ferrari 1.36,604
11 Massa Ferrari 1.36,944
12 Petrov Renault 1.36,986
13 de la Rosa Sauber-Ferrari 1.37,421
14 Kobayashi Sauber-Ferrari 1.37,431
15 Barrichello Williams-Cosworth 1.37,657
16 Liuzzi Force India-Mercedes 1.37,804
17 Hulkenberg Williams-Cosworth 1.37,867
18 Trulli Lotus-Cosworth 1.39,624
19 Kovalainen Lotus-Cosworth 1.39,947
20 Glock Virgin-Cosworth 1.40,233
21 Chandhok HRT-Cosworth 1.41,008
22 di Grassi Virgin-Cosworth 1.41,107
23 Senna HRT-Cosworth 1.41,345
24 Buemi Toro Rosso-Ferrari Sem tempo

Shangai by Red Bull

abril 15th, 2010 | Posted by Péricles Tabosa in Fórmula 1 | Vídeos - ( Comentários)

Como em todos os GPs anteriores, a Red Bull colocou no YouTube os vídeos de seus pilotos no simulador. Desta vez no circuito da China, onde acontecerá a próxima etapa, neste final de semana.



Segundo dia de testes da Fórmula 1 nas pistas do Bahrein e de Jerez. Na primeira, houve mudanças de posições em relação ao teste de ontem. Massa obteve o melhor tempo com 1:33.639, deixando Kubica em segundo com 1:34.398, e Glock, que ontem foi o melhor do dia, caiu pra terceiro com 1:34.902. Mas a atração mesmo foi a tempestade de areia que paralisou as atividades e impediu os carros de irem pra pista durante a tarde. Já em Jerez não houve muita mudança. Buemi em primeiro com 1:17.591, Kovalainen em segundo com 1:20.799 e como Vettel entregou o carro para Webber, a Red Bull ficou em terceiro com 1:21.321. Os demais foram Nakajima e Nelsinho, que pelo segundo dia seguido sofreu com problemas no seu R29 e mal saiu dos boxes. O carro tem apresentado problemas frequentes e segundo fontes próximas à Renault, cada vez mais sérios. Resta saber se Alonso terá disposição e condições para resolvê-los, porque se depender de Piquet…

Tempestade de areia no Bahrein

Tempestade de areia no Bahrein


Nelsinho com pneus macios antes de parar

Nelsinho com pneus macios antes de parar


Ainda em Jerez a atração foi a aparição dos pneus slicks macios com as marcas que os diferenciarão dos pneus com compostos mais duros. Serão faixas verdes nas laterais dos mesmos, como podemos ver na foto do carro de Piquet.

Hoje a Fórmula 1 voltou à ativa com testes coletivos nas pistas do Bahrein, onde andaram Toyota, Ferrari e BMW, e em Jerez, onde Renault, Williams, McLaren, Red Bull e Toro Rosso também trabalharam. No Bahrein deu Glock, com sua TF109, marcando 1m33s501. Massa ficou em segundo pilotando o seu F60, com os escapamentos devidamente corrigidos, e marcou o tempo de 1m33s656. O terceiro foi Kubica, com seu cortador de grama, com o tempo de 1m33s702. Massa continua os trabalhos amanhã, entregando o lugar para Kimi somente na quinta. Já em Jerez, com um carro que é metade a STR de 2008 e metade a RBR deste ano, Buemi bateu todo mundo, mesmo debaixo de chuva. O suiço, que fará sua estréia na categoria no GP da Austrália, marcou 1min20s054, contra 1min22s397 de Vettel. A McLaren de Kovalainen ficou em terceiro, seguida pela Williams do piloto de testes Nico Hülkenberg. O último foi Nelsinho Piquet pilotando sua problemática Renault R29, que só completou cinco voltas e parou.
Fotos do Bahrein:

Glock em 1°

Glock em 1°

Massa em 2°

Massa em 2°

Kubica em 3°

Kubica em 3°


Em Jerez:
Buemi em 1°

Buemi em 1°

Vettel em 2°

Vettel em 2°

E em último...

E em último...


Fernando Alonso pelo jeito vai ter muito trabalho pra botar o carro da equipe francesa em ordem. Aliás a Renault recebeu uma volumosa quantia em dinheiro do governo francês para manter suas fábricas funcionando e consequentemente sua equipe de F1 na ativa. Os valores anunciados desta ajudinha passam de R$8,5 bilhões. Se a equipe de Briatore não mostrar serviço este ano, não sei não.