Tudo sobre veículos motorizados!
Header

image

Sebastian Vettel mais uma vez marcou a volta mais rápida na classificação e desta vez larga na  frente para o GP da Malásia. Na primeira fase do treino as pequenas acabaram fora como de costume e Sutil marcou o melhor tempo pois usou os pneus mais macios. No final do Q2 a chuva começou a cair e impediu os pilotos de melhorarem seus tempos. Rosberg foi o melhor e Vettel quase fica de fora. Com pista molhada no Q3 Vettel não deixou a pole escapar e marcou logo o melhor tempo. Massa mais uma vez superou Alonso e larga na primeira fila depois de 3 anos. Na minha opnião não deve durar muito. Alonso ficou em terceiro e Hamilton em quarto. Raikkonen que venceu o último GP e dominou os dois treinos livres de sexta, ficou apenas em sétimo, mas foi punido por manobra ilegal e larga em décimo. Vejamos o que Massa consegue pra cima de Vettel, mas com Alonso no cangote não apostaria muito no brasileiro.

Confira os tempos da classificação

1º Sebastian Vettel – Red Bull Racing-Renault – 1:49.674
2º Felipe Massa – Ferrari – 1:50.587
3º Fernando Alonso – Ferrari – 1:50.727
4º Lewis Hamilton – Mercedes – 1:51.699
5º Mark Webber – Red Bull Racing-Renault – 1:52.244
6º Nico Rosberg – Mercedes – 1:52.519
7º Jenson Button – McLaren-Mercedes – 1:53.175
8º Adrian Sutil – Force India-Mercedes – 1:53.439
9º Sergio Perez – McLaren-Mercedes – 1:54.136
10º Kimi Räikkönen – Lotus-Renault – punido

Q2
11º Romain Grosjean – Lotus-Renault – 1:37.636
12º Nico Hulkenberg – Sauber-Ferrari – 1:38.125
13º Daniel Ricciardo – STR-Ferrari – 1:38.822
14º Esteban Gutierrez – Sauber-Ferrari – 1:39.221
15º Paul di Resta – Force India-Mercedes – 1:44.509
16º Pastor Maldonado – Williams-Renault – sem tempo

Q1
17º Jean-Eric Vergne – STR-Ferrari – 1:38.157
18º Valtteri Bottas – Williams-Renault – 1:38.207
19º Jules Bianchi – Marussia-Cosworth – 1:38.434
20º Charles Pic – Caterham-Renault – 1:39.314
21º Max Chilton – Marussia-Cosworth – 1:39.672
22º Giedo van der Garde – Caterham-Renault – 1:39.932


Pela terceira vez no ano a McLaren bateu a RBR. Lewis Hamilton, que já havia tirado Vettel da primeira fila no sábado, tomou a liderança do pole, Mark Webber, logo na primeira curva. Webber viria recuperar a liderança mais tarde após a primeira parada nos boxes, mas por pouco tempo, ou diria poucos metros. Hamilton foi ultrapassado em pista e deu o troc na curva seguinte, não deixando o australiano sequer sentir o gostinho da ponta. Alonso que saiu na quarta posição, também largou bem e superou Vettel também na primeira curva. Nos pit-stops ganhou tempo e abocanhou a segunda posição, jogando a RBR para o terceiro posto. Com o título praticamente garantido, Vettel não recuperou a posição e chegou a perder o quarto posto para Felipe Massa, vindo a recuperá-lo no último pit-stop, na última volta quando o mecânico da Ferrari entregou a posição ao alemão de bandeja. Massa que conseguiu segurar Vettel nas dez últimas voltas e viu seu mérito ir por água baixo. Ficou com a quinta posição e não deve passar muito disso até o fim do ano. Barrichelo mais uma vez com problemas no carro abandonou e ainda não assinou a renovação com a Williams. A chuva ameaçou mas não caiu durante a prova, mas mesmo assim a corrida foi muito boa, com muitas brigas e ultrapassagens na pista. Mérito de Lewis que foi arrojado como sempre e não cometeu erros, vencendo o GP, colando em Webber e diminuindo um pouco a grande diferença que o separa de Vettel na tabela do mundial.

Na Corrida:

1. Hamilton McLaren-Mercedes 1h37:30.334
2. Alonso Ferrari a 3.980
3. Webber Red Bull-Renault a 9.788
4. Vettel Red Bull-Renault a 47.921
5. Massa Ferrari a 52.252
6. Sutil Force India-Mercedes a 1:26.208
7. Rosberg Mercedes a 1 volta
8. Schumacher Mercedes a 1 volta
9. Kobayashi Sauber-Ferrari a 1 volta
10. Petrov Renault a 1 volta
11. Perez Sauber-Ferrari a 1 volta
12. Alguersuari Toro Rosso-Ferrari a 1 volta
13. Di Resta Force India-Mercedes a 1 volta
14. Maldonado Williams-Cosworth a 1 volta
15. Buemi Toro Rosso-Ferrari a 1 volta
16. Kovalainen Lotus-Renault a 2 voltas
17. Glock Virgin-Cosworth a 3 voltas
18. D’Ambrosio Virgin-Cosworth a 3 voltas
19. Ricciardo HRT-Cosworth a 3 voltas
20. Chandhok Lotus-Renault a 4 voltas

Abandonos:

Liuzzi HRT-Cosworth 44ª volta
Button McLaren-Mercedes 42ª volta
Barrichello Williams-Cosworth 23ª volta
Heidfeld Renault 10ª volta

Campeonato de Pilotos:

1. Vettel 216
2. Webber 139
3. Hamilton 134
4. Alonso 130
5. Button 109
6. Massa 62
7. Rosberg 46
8. Heidfeld 34
9. Schumacher 32
10. Petrov 32
11. Kobayashi 27
12. Sutil 18
13. Alguersuari 9
14. Perez 8
15. Buemi 8
16. Barrichello 4
17. Di Resta 2

Construtores:

1. Red Bull-Renault 355
2. McLaren-Mercedes 243
3. Ferrari 192
4. Mercedes 78
5. Renault 66
6. Sauber-Ferrari 35
7. Force India-Mercedes 20
8. Toro Rosso-Ferrari 17
9. Williams-Cosworth 4


Já não tem mais a mínima graça. Pela sexta vez em sete GPs, Vettel marcou a pole e desta vez larga na frente para a prova no circuito Giles Villeneuve, em Montreal. O alemão mais uma vez mostrou que com o melhor carro do grid, é imbatível. Seu companheiro de equipe por exemplo tem o mesmo equipamento nas mãos e não passou da quarta posição. Quem surpreendeu na verdade foi a Ferrari, que com Felipe Massa mantinha o segundo melhor tempo do Q3 até ser superado por Alonso em sua última tentativa. Apesar desse final o brasileiro se mostrou muito contente com a posição e se diz bem mais confortável com o carro. Lewis Hamilton, segundo na tabela, larga apenas em quinto, seguido por Rosberg e Button. Schumacher mais uma vez foi batido pelo companheiro e larga em oitavo. E sem mais surpresas os dois homens da Lotus Renault conquistaram as duas últimas posições entre os dez. Heidfeld em nono e Petrov em décimo. Barrichelo não passou da 16ª posição, bem atrás da 12ª de Maldonado. A Globo transmite a corrida neste domingo a partir das 14h.
O resto está aqui:

Q3
1 – Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) 1m13s014
2 – Fernando Alonso (ITA/Ferrari) 1m13s199
3 – Felipe Massa (BRA/Ferrari) 1m13s217
4 – Mark Webber (AUS/RBR-Renault) 1m13s429
5 – Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes)1m13s565
6 – Nico Rosberg (ALE/Mercedes) 1m13s814
7 – Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) 1m13s838
8 – Michael Schumacher (ALE/Mercedes) 1m13s864
9 – Nick Heidfeld (ALE/Renault-Lotus) 1m14s062
10 – Vitaly Petrov (RUS/Renault-Lotus) 1m14s085

Q2
11 – Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) 1m14s752
12 – Pastor Maldonado (VEN/Williams-Cosworth) 1m15s043
13 – Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) 1m15s285
14 – Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) 1m15s287
15 – Sebastien Buemi (SUI/STR-Ferrari) 1m15s334
16 – Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth) 1m15s361
17 – Pedro de la Rosa (ESP/Sauber-Ferrari) 1m15s587

Q1
18 – Jaime Alguersuari (ESP/STR-Ferrari) 1m16s294
19 – Jarno Trulli (ITA/Lotus-Renault) 1m16s745
20 – Heikki Kovalainen (ITA/Lotus-Renault) 1m16s786
21 – Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania-Cosworth) 1m18s424
22 – Timo Glock (ALE/MVR-Cosworth) 1m18s537
23 – Narain Karthikeyan (IND/Hispania-Cosworth) 1m18s574
24 – Jerome D’Ambrosio (BEL/MVR-Cosworth) 1m19s414


Sinceramente, eu não lembrava. Choveu, Vettel venceu e teve a companhia no pódio de Webber em segundo e Rosberg em terceiro. Mas o mais surpreendente era que mesmo sendo a terceira prova de 2010, quem liderava o mundial de pilotos era ninguém mais ninguém menos que Felipe Massa. O restante você podem ver bem aqui.


Mais uma vez o ano automobilístico, pelo menos para Ducati e Ferrari, começa com o grande evento que as duas organizam em Madonna di Campigliio, famosa estação de esqui italiana. Desta vez a estrela da festa foi sem dúvida Valentino Rossi, que este ano correrá de vermelho na Moto GP. Mas quem ficou com as vitórias nas disputas entre os pilotos presentes foi Fernando Alonso. No Kart e no Fiat 500, mesmo sobre o gelo, o espanhol foi imbatível. Massa deu um calor no kart, chegando em segundo, e Rossi conseguiu a terceira posição com o 500. O resto vocês podem ver aqui:


Alonso venceu com méritos o GP da Itália, disputado em Monza e apagou de vez, pelo menos para os fãs, a mancha na imagem da Ferrari, pelo jogo de equipe no GP da Alemanha. Na largada o espanhol perdeu a primeira posição para Button e ainda teve de se virar com Massa que quase tomou-lhe a segunda. Manteve-se na cola do inglês da McLaren, precionando até a parada nos boxes, quando ficou uma volta a mais na pista e recuperou a posição perdida na largada. Massa por sua vez se enrroscou com Hamilton e por sorte não saiu da prova. Já o inglês admitiu o erro pelo abandono, perdeu a liderança do campeonato e confessou em entrevista que falhas como esta podem lhe custar o título mais tarde. Webber, que largou mal em quarto, caiu para a nona posição e não pode fazer mais do que um sexto lugar. O bastante para assumir novamente a liderança do campeonato, mas pouco para o que poderia ter ganho de vantagem com o abandono de Lewis. Vettel é que se deu bem nessa história. Adiou o máximo sua parada e colheu os frutos de uma boa estratégia, herdando o quarto lugar do companheiro. Destaque para a boa atuação de Rosberg (5°), e Hulkenberg (7°), que largaram muito bem e conseguiram ótimos resultados. A verdade é que a disputa pelo título continua equilibrada e aberta entre cinco candidatos, com apenas 24 pontos separando o líder Webber do quinto Vettel. E ainda faltam 5 provas, ou seja, 125 pontos em jogo.

Classificação da prova:

1. Alonso Ferrari 1h16:24.572
2. Button McLaren-Mercedes a 2.938
3. Massa Ferrari a 4.223
4. Vettel Red Bull-Renault a 28.193
5. Rosberg Mercedes a 29.942
6. Webber Red Bull-Renault a 31.276
7. Hulkenberg Williams-Cosworth a 32.812
8. Kubica Renault a 34.028
9. Schumacher Mercedes a 44.948
10. Barrichello Williams-Cosworth a 1:04.200
11. Buemi Toro Rosso-Ferrari a 1:05.00
12. Liuzzi Force India-Mercedes a 1:06.100
13. Petrov Renault a 1:18.900
14. De la Rosa Sauber-Ferrari a 1 volta
15. Alguersuari Toro Rosso-Ferrari a 1 volta
16. Sutil Force India-Mercedes a 1 volta
17. Glock Virgin-Cosworth a 2 voltas
18. Kovalainen Lotus-Cosworth a 2 voltas
19. Di Grassi Virgin-Cosworth a 2 voltas
20. Yamamoto HRT-Cosworth a 2 voltas

Abandonos

Trulli Lotus-Cosworth 47ª volta
Senna HRT-Cosworth 12ª volta
Hamilton McLaren-Mercedes 1ª volta
Kobayashi Sauber-Ferrari 1ª volta

Campeonato de Pilotos

1. Webber 187
2. Hamilton 182
3. Alonso 166
4. Button 165
5. Vettel 163
6. Massa 124
7. Rosberg 112
8. Kubica 108
9. Schumacher 46
10. Sutil 45
11. Barrichello 31
12. Kobayashi 21
13. Petrov 19
14. Hulkenberg 16
15. Liuzzi 13
16. Buemi 7
17. De la Rosa 6
18. Alguersuari 3

Construtores

1. Red Bull-Renault 350
2. McLaren-Mercedes 347
3. Ferrari 290
4. Mercedes 158
5. Renault 127
6. Force India-Mercedes 58
7. Williams-Cosworth 47
8. Sauber-Ferrari 27
9. Toro Rosso-Ferrari 10