Tudo sobre veículos motorizados!
Header


Rebatendo o comentário que Vettel e seu mecânico soltaram após a conquista da pole ontem, a McLaren mostrou que seu equipamento, aprovado pela FIA, foi fundamental para o bom ritmo de corrida e a consequente dobradinha neste domingo em Xangai. Somado-se a isso o talento natural de seus pilotos, inteligência por parte de Button, raça e agressividade de Hamilton, o time inteiramente inglês foi imbatível numa corrida marcada pela chuva. Mais uma vez São Pedro deu uma mãozinha e tornou a corrida extremamente competitiva e atraente para pilotos e telespectadores. Vettel e Webber, que largaram na frente, viram Alonso e sua esperteza passarem a frente logo na primeira curva, graças a uma largada queimada. Ainda nas primeiras voltas a chuva veio e embolou todo o grid. Button, Rosberg e Alonso arriscaram ficar na pista, enquanto todos paravam, e se deram bem. Os dois primeiros seguiram na frente até o fim. O espanhol pagou a punição, mas graças ao risco assumido no começo e uma manobra duvidosa sobre Massa na entrada dos boxes, terminou a prova numa boa quarta posição. As RBRs, assim como Felipe, sofreram com o aquecimento ideal dos pneus e terminaram no fim da zona de pontuação. Schumacher definitivamente tem que pensar apenas em se divertir e ajudar o companheiro de equipe. Além de estar levando um pau de Rosberg, ontem ele sofreu bastante com ultrapassagens de todo tipo e de quase todo mundo. Bem, pra resumir, Massa chegou na China como líder do campeonato e estava certo em não aceitar o rótulo do favoritoismo, pois despencou para a sexta posição após o nono lugar na corrida. Button assumiu a ponta seguido por Rosberg, Alonso, Hamilton e Vettel.


Classificação
1. Button McLaren-Mercedes 1h44:42.163
2. Hamilton McLaren-Mercedes a 1.530
3. Rosberg Mercedes a 9.484
4. Alonso Ferrari a 11.869
5. Kubica Renault a 22.213
6. Vettel Red Bull-Renault a 33.310
7. Petrov Renault a 47.600
8. Webber Red Bull-Renault a 52.172
9. Massa Ferrari a 57.796
0. Schumacher Mercedes a 1:01.749
11. Sutil Force India-Mercedes a 1:02.874
12. Barrichello Williams-Cosworth a 1:03.665
13. Alguersuari Toro Rosso-Ferrari a 1:11.416
14. Kovalainen Lotus-Cosworth a 1 volta
15. Hulkenberg Williams-Cosworth a 1 volta
16. Senna HRT-Cosworth a 2 voltas
17. Chandhok HRT-Cosworth a 4 voltas

Abandonos
Trulli Lotus-Cosworth 27ª volta
Di Grassi Virgin-Cosworth 9ª volta
De la Rosa Sauber-Ferrari 8ª volta
Buemi Toro Rosso-Ferrari 1ª volta
Kobayashi Sauber-Ferrari 1ª volta
Liuzzi Force India-Mercedes 1ª volta
Glock Virgin-Cosworth 1ª volta


Esta frase saiu da boca de Fernando Alonso, descrevendo que não há preocupação dentro da equipe Ferrari para este GP da Malásia. Alonso obteve o 8º tempo e Massa foi o melhor brasileiro ficando apenas em 16º. Lewis Hamilton que saiu da Austrália criticando muito a equipe, e dias depois voltou atrás, marcou o melhor tempo nas duas seções de hoje na pista de Sepang. Mark Webber não pôde treinar no período da tarde pois teve problemas com seu motor Renault. Pelo jeito o grande problema do carro da RBR está na confiabilidade. Schumacher mais uma vez ficou atrás de seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, mas a cada dia chega mais perto da performance dos pilotos de ponta e deverá estar dando trabalho quando o carro da Mercedes se igualar em desempenho com os demais. Kubica voltou a andar bem terminando o dia com o sexto tempo. E a surpresa ficou por conta dos carros da Virgin e Hispania que conseguiram terminar pelo menos uma seção de treinos livres sem nenhum problema mecânico, ou hidráulico, ou elétrico, ou humano. Agora é esperar a classificação.

Os tempos:
1 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1:34.175
2 Sebastian Vettel Red Bull-Renault 1:34.441
3 Nico Rosberg Mercedes GP 1:34.443
4 Jenson Button McLaren-Mercedes 1:34.538
5 Michael Schumacher Mercedes GP 1:34.674
6 Robert Kubica Renault 1:35.148
7 Mark Webber Red Bull-Renault 1:35.479
8 Fernando Alonso Ferrari 1:35.581
9 Sebastien Buemi Toro Rosso-Ferrari 1:35.660
10 Vitaly Petrov Renault 1:35.872
11 Adrian Sutil Force India-Mercedes 1:35.955
12 Kamui Kobayashi BMW Sauber-Ferrari 1:36.018
13 Vitantonio Liuzzi Force India-Mercedes 1:36.221
14 Jaime Alguersuari Toro Rosso-Ferrari 1:36.325
15 Pedro de la Rosa BMW Sauber-Ferrari 1:36.325
16 Felipe Massa Ferrari 1:36.451
17 Rubens Barrichello Williams-Cosworth 1:36.813
18 Paul di Resta Force India-Mercedes 1:36.891
19 Nico Hulkenberg Williams-Cosworth 1:37.415
20 Jarno Trulli Lotus-Cosworth 1:38.454
21 Heikki Kovalainen Lotus-Cosworth 1:38.530
22 Timo Glock Virgin-Cosworth 1:39.061
23 Lucas di Grassi Virgin-Cosworth 1:39.158
24 Fairuz Fauzy Lotus-Cosworth 1:40.721
25 Karun Chandhok HRT-Cosworth 1:41.084
26 Bruno Senna HRT-Cosworth 1:41.481


O terceiro dia de treinos em Valência foi mais um passeio da Ferrari. Só que desta vez quem estava atrás do volante era o espanhol Fernando Alonso. E correndo com a torcida a seu favor, o asturiano deu 127 voltas e fechou o dia com o melhor tempo da semana, batendo o tempo de Massa. Disse também que é só o começo, conforme for conhecendo o novo brinquedo, seu desempenho só tende a melhorar. De la Rosa continua buscando patrocínio para a Sauber. Schumi não deixou Nico treinar hoje, como estava previsto no começo. E Button elogiou o desempenho da Ferrari e depois só falou em adaptação ao carro da McLaren, ou seja, vai andar o ano todo atrás de Hamilton com essa desculpinha à Barrichello.
Os tempos:
1. Fernando Alonso, Ferrari, 1:11.470, 127 Voltas
2. Pedro de la Rosa, BMW Sauber, 1:12.094, 80 Voltas
3. Michael Schumacher, Mercedes GP, 1:12.438, 82 Voltas
4. Jaime Alguersuari, Toro Rosso, 1:12.576, 97 Voltas
5. Jenson Button, McLaren, 1:12.951, 82 Voltas
6. Vitaly Petrov, Renault, 1:13.097, 75 Voltas
7. Nico Hulkenberg, Williams, 1:13.669, 126 Voltas
Mais imagens de quarta-feira:


Alguém sabe que antena é essa???
Os tempos melhoraram um pouco, normal por conta da melhora das condições climáticas, além da pista emborrachada. Massa na frente, o resto atrás. Rubinho falando besteira, desta vez sobre Rosberg. Schumacher continua mostrando que o tempo parado não afetou seu apetite por vitórias. A BMW Sauber ainda treinando com pouco combustível para conseguir bons tempos e tentar achar um patrocínio de última hora. E o público espanhol mesmo sem Alonso lotando as arquibancadas. Quero ver amanhã!
Aos tempos:
1. Felipe Massa, Ferrari, 1:11.722 (124 Voltas)
2. Kamui Kobayashi, BMW Sauber, 1:12.056 (96 Voltas)
3. Lewis Hamilton, McLaren, 1:12.256 (108 Voltas)
4. Robert Kubica, Renault, 1:12.426 (119 Voltas)
5. Nico Rosberg, Mercedes GP, 1:12.899 (119 Voltas)
6. Rubens Barrichello, Williams, 1:13.377 (102 Voltas)
7. Sebastien Buemi, Toro Rosso, 1:13.823 (107 Voltas)

Aqui dá pra ter uma noção do quanto esse carro da Ferrari é bonito pra cacete. Dá pra notar também o entusiasmo de Pedro De la Rosa em seu retorno as pistas, mostrando-se surpreso com o próprio desempenho.


O primeiro dia de testes em Valência foi marcante por alguns motivos: a aparição de novos carros, o retorno de Schumacher ao cokpit de um Fórmula 1 e a F10 de Massa com o tempo mais rápido do dia. O brasileiro, que sofreu uma molada nos treinos do GP da Hungria de 2009, não guiava pra valer desde esta data e mostra aos céticos que, se perdeu algum parafuso, era algum que o tornava mais lento. Terminou com o melhor tempo do dia e muitos elogios ao carro com o qual combaterá seu tão badalado companheiro de equipe, Fernando Alonso, além de campeões como seu ex-mestre na Ferrari e outros como Lewis Hamilton e Jenson Button, que também terão bons carros em mãos. Schumacher disse que se sentiu como em sua estréia em 1991 e de quebra, quebrou o tempo da bonequinha, Rosberg. E pra não perder o costume Rubinho em sua estréia passou vexame com problemas mecânicos e declarações inspiradas. Veja quem mais foi para a pista neste primeiro dia e os tempos de cada um:

1. Felipe Massa, Ferrari, 1:12.574, 102 voltas
2. Pedro de la Rosa, BMW Sauber, 1:12.784, 74 voltas
3. Michael Schumacher, Mercedes GP, 1:12.947, 40 voltas
4. Nico Rosberg, Mercedes GP, 1:13.543, 39 voltas
5. Gary Paffett, McLaren, 1:13.846, 86 voltas
6. Rubens Barrichello, Williams, 1:14.449, 75 voltas
7. Sebastien Buemi, Toro Rosso, 1:14.762, 18 voltas
8. Robert Kubica, Renault, 1:15.000, 69 voltas

Mais algumas fotos da pista e fora dela